Sistema de Associados e Inscrições do Congresso Abrapcorp
 
Reclivagem dos Grupos de Trabalho (GTs) temáticos da Abrapcorp
Publicado em 31/07/2018

Edital 01/2018

 

Reclivagem dos Grupos de Trabalho (GTs) temáticos

 da Abrapcorp

 

 

A Abrapcorp, cumprindo seu objetivo geral de estimular o fomento, a realização e a divulgação de estudos avançados, resultantes de pesquisa nos campos da Comunicação Organizacional e das Relações Públicas, apresenta este edital de reclivagem dos seus Grupos de Trabalho (GTs).

 

Período de inscrição das propostas de GTs: 31 de julho a 24 de agosto.

 

O documento da proposta do GT deve ser enviado à Abrapcorp para o seguinte endereço de e-mail: secretaria@abrapcorp.org.br. Todas as propostas recebidas terão confirmação de recebimento.

 

1. Dos critérios para a proposição de GTs:

1.1. Cada Grupo de Trabalho deve abranger uma área temática de interesse dos estudos de Comunicação Organizacional e Relações Públicas e seus encontros se darão em reuniões de trabalho científico, pelo menos uma vez ao ano, durante o Congresso da Abrapcorp, por meio da apresentação e discussão de um conjunto de trabalhos científicos selecionados e compartilhados previamente entre os participantes.

1.2. Os GTs devem ser espaços constituídos a partir da participação efetiva de seus associados, respeitando seus interesses e suas expectativas de pesquisa e de estudo e, também, suas práticas profissionais. Nesse sentido, a Abrapcorp considera pertinente e necessária uma renovação dos seus GTs, oferecendo a oportunidade para que novas propostas possam ser criadas, apresentadas e integradas à Associação.

1.2.1. Para o XIII Congresso da Abrapcorp, em 2019, todos os GTs serão extintos e mesmo os atuais grupos que queiram continuar devem ser propostos novamente, mas com alguma renovação em suas ementas e seus objetivos.

1.3. Os critérios indicados a seguir, portanto, servem para guiar a elaboração das propostas de GTs que participarão do processo de reclivagem.

1.4. A proposição do GT deve ser pertinente e coerente à finalidade principal da Abrapcorp de congregar pesquisadores e profissionais que se dedicam ao estudo e à prática da Comunicação Organizacional e das Relações Públicas.

1.5. A proposição do GT deve representar temas consolidados e, também, temas emergentes na área, sendo capaz de incentivar a interlocução entre Programas de Pós-Graduação, linhas de pesquisa e Grupos de Pesquisa ligados à Comunicação Organizacional e às Relações Públicas.

1.6. O documento a ser enviado à diretoria da Abrapcorp, com a proposição do GT, deve incluir os seguintes elementos:

(a) nome do GT temático (até 70 caracteres com espaços);

(b) ementa do GT (até 2000 caracteres com espaços), com justificativa que defina e explique sua área temática de interesse, considerando os critérios de pertinência e interlocução indicados anteriormente. Cada ementa, ainda deve ter, no mínimo, três e, no máximo, cinco palavras-chave. Nome, ementa do GT e palavras-chave devem estar alinhados entre si;

(c) nome completo do coordenador e do vice-coordenador (proponentes do GT), com seus respectivos e-mails, minicurrículo acadêmico e as instituições dos proponentes;

(d) somente associados da Abrapcorp, com titulação mínima de doutor, poderão inscrever propostas de GT e serem coordenadores e vice-coordenadores;

(e) coordenador e vice-coordenador do GT devem, necessariamente, estar ligados a instituições distintas.

2. Da seleção dos GTs:

2.1. Inicialmente, serão selecionados e aprovados seis GTs. Caberá à Diretoria, como órgão executivo da Abrapcorp, propor alterações em relação ao número de GTs, quando pertinente, a ser aprovado em Assembleia Geral.

2.2. Cada GT proposto será analisado por um comitê de avaliação constituído por três a cinco pesquisadores doutores e, em seguida, a Diretoria e o Conselho Consultivo da Abrapcorp avaliarão os pareceres e realizarão a seleção e aprovação final dos indicados, conforme os seguintes procedimentos:

2.2.1. Caso o número de propostas não ultrapasse o número de GTs possíveis, o comitê de avaliação, em conjunto com a Diretoria e o Conselho Consultivo da Abrapcorp, votará cada uma das propostas, confirmando ou não a criação do GT, conforme critérios estabelecidos. Para a aprovação de cada GT, este deve obter maioria absoluta dos votos e/ou pareceres favoráveis.

2.2.2. Caso o número de propostas ultrapasse o número de seis GTs previsto neste Edital, cada membro do comitê de avaliação, em conjunto com a Diretoria e o Conselho Consultivo da Abrapcorp, votará em até seis propostas, em ordem de prioridade, de acordo com sua interpretação quanto ao melhor atendimento aos critérios. Serão consideradas aprovadas as seis propostas mais votadas, desde que tenham obtido maioria absoluta dos votos efetivos.

2.2.3. Em caso de empate entre propostas, caberá ao comitê de avaliação, em conjunto com a Diretoria e o Conselho Consultivo da Abrapcorp, realizar nova votação apenas entre as propostas empatadas. Persistindo o empate, seleciona-se – por deliberação subsequente da Diretoria – o GT com maior grau de diferenciação temática e de ementa com relação aos GTs aprovados.

2.3. Serão considerados critérios na seleção e aprovação final dos GTs:

2.3.1. Relevância e inovação: conformação como espaço de interlocução ao mesmo tempo abrangente (área temática reconhecidamente relevante) e específico (não redundante com outros grupos e temas);

2.3.2. Pertinência e adequação: coerência com os campos de estudo e objetivos promovidos pela Abrapcorp;

2.3.3. Interlocução e consolidação: capacidade de promover a articulação, promoção e consolidação de redes de pesquisa, através de grupos e linhas de pesquisa, e de programa de pós-graduação da área de Comunicação Organizacional e Relações Públicas.

2.4. O resultado dos GTs selecionados e aprovados será divulgado no site da Abrapcorp até o dia 24 de setembro de 2018.

3. Das atribuições dos coordenadores e vice-coordenadores de GT:

3.1. Os mandatos dos coordenadores e vice-coordenadores podem ser de dois anos, renováveis, no máximo, por mais dois anos.

3.2. Devem ser responsáveis pelo desenvolvimento de todas as atividades do GT, promovendo uma interlocução entre os pesquisadores do Grupo de modo permanente e não somente na ocasião do congresso nacional da Abrapcorp.

3.3. Devem estimular e criar condições e meios para a condução de atividades de pesquisa e de estudo coletivos entre os membros do GT.

3.4. Devem, sempre que possível, estimular e realizar intercâmbio com outras organizações científicas e profissionais, do Brasil ou do exterior, que se interessem pela mesma temática do GT, promovendo possíveis parcerias para reflexão, produção e avanços de pesquisas em Comunicação Organizacional e Relações Públicas.

3.5. Devem coordenar os processos de avaliação e divulgação dos trabalhos submetidos aos GTs no congresso nacional da Abrapcorp, respeitando, rigorosamente, os prazos e critérios estipulados pela associação.

3.6. Seguindo as orientações da associação, devem preparar a programação do GT para o congresso nacional da Abrapcorp.

3.7. Devem, presencialmente, conduzir todas as sessões de apresentação dos trabalhos do GT no congresso nacional da Abrapcorp.

3.8. Devem respeitar as solicitações e os prazos estabelecidos pela comissão organizadora do congresso nacional da Abrapcorp.

3.9. Devem participar de todos os dias do congresso nacional da Abrapcorp.

3.10. Os coordenadores e vice-coordenadores não poderão apresentar trabalhos no congresso, mas deverão preparar e apresentar, conjuntamente, um breve painel de interesse do grupo na abertura das atividades do seu GT no congresso nacional da Abrapcorp.

3.11. Devem atender às convocações de reuniões da Abrapcorp.

3.12. Devem organizar e manter atualizado um cadastro dos membros do GT, contribuindo ativamente para a promoção da entidade, de modo geral, e da rede de pesquisadores congregadas em seu grupo, especificamente.

3.13. Devem produzir um planejamento das atividades do seu mandato e enviá-lo à diretoria da Abrapcorp, tão logo seja solicitado, bem como pareceres, relatórios de avaliação e outros documentos que lhes sejam solicitados, em relação ao seu GT.

4. Da avaliação e reclivagem dos GTs:

4.1 A Diretoria e o Conselho Consultivo da Abrapcorp deverão criar mecanismos de avaliação do trabalho desenvolvido pelos GTs, a ser realizada durante seu Congresso anual, com base, pelo menos, nos seguintes critérios: adesão e qualidade dos trabalhos apresentados e contribuições do GT para a formação de redes de pesquisas; cumprimento de prazos e critérios; participação e envolvimento do coordenador e vice-coordenador na realização e condução do encontro.

4.2 A Diretoria e o Conselho Consultivo da Abrapcorp poderão propor, a qualquer tempo, recomendações de revisão sobre o funcionamento do GT, visando sua adequação aos objetivos e critérios institucionais, bem como a continuidade dos trabalhos.

4.3 O processo de reclivagem dos GTs da Abrapcorp acontecerá, periodicamente, de quatro em quatro anos, quando todos os Grupos existentes serão extintos e novos GTs serão criados. Mesmo os grupos existentes no momento da reclivagem, que queiram continuar, deverão ser propostos novamente, a partir da divulgação de editais específicos.

5. Do financiamento dos coordenadores e vice-coordenadores de GT pela Abrapcorp:

5.1. Os coordenadores terão o direito à seguinte ajuda de custo para a participação no congresso nacional: (a) passagem aérea ou de ônibus; (b) três diárias de hotel; (c) isenção de inscrição no congresso nacional.

5.2. Os vices-coordenadores terão o direito à seguinte ajuda de custo para a participação no congresso nacional: (a) três diárias de hotel; (b) isenção de inscrição no congresso nacional.

 

 

Associação Brasileira de Pesquisadores de

Comunicação Organizacional e Relações Públicas (Abrapcorp)

 

São Paulo, 31 de julho de 2018.


voltar

 
Sobre a Abrapcorp
A Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e Relações Públicas foi fundada em 13 de maio de 2006, com o objetivo geral de estimular o fomento, a realização e a divulgação de estudos avançados dessas áreas no campo das Ciências da Comunicação.
Cadastre-se
A Associação já é referência em seu campo de atuação, e tem apoiado vários eventos na área acadêmica, com vantagens e descontos para associados.
Contato
Av. Prof Lucio Martins Rodrigues, 443
Bloco 22 - Sala 30 - CEP 05508-900
Cidade Universitária - São Paulo/SP
Telefone +55 11 3091 2949
secretaria@abrapcorp.org.br
Área Restrita
Associados e inscritos nos cursos e congressos da Abrapcorp podem verificar informações restritas através da área de login abaixo.
CPF:
Senha: